© 2016 - Associação Criança Brasil - crianca@criancabrasil.org.br - Tel. 11 3712-1500 / 11 96329-2178

  • Black Facebook Icon

Acreditamos que a melhor forma de mostrar o que fazemos é através da história das pessoas que passaram pela nossa Associação. Para isso, pedimos para alguns membros falarem sobre a sua experiencia.

VOLUNTÁRIA

"Conheci a Associação Criança Brasil pela janela do prédio que eu trabalho e, mesmo de longe, já me apaixonei pelas crianças. Resolvi descer para conhecer aqueles que me alegravam só por estarem brincando, e assim começou a parceria da GE com a Associação e a mudança de muitas vidas.

Desde então fizemos várias ações e projetos, viramos coelhos da páscoa, papais-noéis, entregadores de fraldas, doadores de brinquedos e contadores de história.

 Foi uma parceria incrível que permitiu que eu e muitos outros voluntários, tivessem o mundo colorido pelas crianças. Especialmente no projeto Inspire, que tem o objetivo de promover e incentivar a leitura das crianças, nele as crianças mudam o nosso mundo com atenção, perguntas e abraços, enquanto tentamos inspirar o futuro delas.

Espero continuar colorindo a Associação com as cores e amores do trabalho voluntário pois "os loucos que acham que podem mudar o mundo, são os que efetivamente o fazem", e somos todos loucos por aquelas crianças - Caroline Kurowski"

PAIS

"Maria Ludmila, está mais desenvolvida, inteligente, comunicativa falando muito bem, cantando as musicas certas, conta até 20 e não estranha mais as pessoas. Sabe resolver seus problemas sozinhas, conta tudo o que acontece na creche. - Natali Miranda"

"Esther é uma criança muito interativa, tem uma energia que não acaba. E com a creche isso só se aprimorou mais, ficou bem mais comunicativa, falante, desenvolveu a fala muito rápido, fala tudo muito certo. Só tem 2 anos que ela está na creche e já conta histórias convincentes, tem todo um jeito para falar, corrige as pessoas quando falam errado perto dela..

Com a creche minha filha só melhorou o que já tinha de bom. Só que ela quer ser a dona da razão em tudo rsrsrs. Tudo o que acontece na creche ela conta, fala que não pode gritar, mentir, bater, que tudo isso foi a tia quem falou. Aprendeu a dividir, a pedir e a conversar muito bem. Só tenho a agradecer a todos da creche me ajudaram muito. - Vera" 

FUNCIONÁRIOS

"Entrei no CCA Santa Rosa II em 1998, logo após de ter chegado de Padre Paraíso/MG. Para mim tudo era novidade, pois sempre morei em chácara e ficava muito afastada do centro urbano e assim tinha pouco contato com crianças da minha idade.

No começo estranhei toda movimentação do espaço, mas após a fase da adaptação comecei a interagir com as demais crianças. As atividades eram muito prazerosas. Apesar dos poucos recursos que tínhamos, conseguíamos transformar as feiras culturais em grandes eventos para a comunidade.

Aprendi a gostar de futebol após a copa do Mundo de 2002. Os educadores desenvolveram um projeto onde tínhamos que fazer uma larga pesquisa sobre a cultura, culinária, curiosidades dos países participantes da copa. Posteriormente,  apresentamos aos nossos pais. Foi um sucesso e todos adoraram.  Também tinham os campeonatos com entrega de medalhas e tudo.

Carrego até hoje lembranças das atividades, brincadeiras, oficinas, campeonatos, eventos, que vivenciei ao longo dos seis anos que frequentei o serviço. Sou muito grata a cada educador, que fez parte da minha trajetória e contribuiu para meu crescimento pessoal.

Deixei o serviço como usuária em 2003 e em 2009, após cincos anos, retorno ao CCA Santa Rosa II como funcionária. Fui convidada a trabalhar na biblioteca, instalada para atender às crianças, aos funcionários e à comunidade da Vila Dalva. Achei extraordinária a proposta, principalmente porque contribuía com o desenvolvimento cultural das pessoas do meu bairro.

Depois de um ano pedi o encerramento do meu contrato, em virtude de uma outra proposta profissional. Um ano depois, novamente convidada a fazer parte do quadro de colaboradores da ACB, porém, agora como funcionária da matriz.

Muitos me perguntam porque acredito na Associação Criança Brasil e a minha resposta sempre é a mesma: sou a prova viva de como eles contribuíram para meu desenvolvimento infantil e os ensinamentos que me fizeram crescer como pessoa. E fazer parte desta empresa que acredita no potencial e contribui para o crescimento das crianças é muito gratificante. "- Geane Ferreira - Assistente Administrativo.

“A instituição Criança Brasil é uma empresa que sabe respeitar os valores dos funcionários e principalmente as limitações de cada um vínculo entre instituição e colaboradores. Acredito que a empresa saiba o real valor de capacitar as pessoas para solucionar conflitos do cotidiano, orientando com que a equipe esteja sempre pensando no próximo”.

Izabella – Auxiliar de Cozinha (Recanto da Alegria V)

“Neste ano completo 14 anos de trabalho na Associação Criança Brasil, lembro do primeiro dia os olhares curiosos e os sorrisos de boas vindas das crianças! Temos objetivo de oferecer um atendimento de qualidade, onde a criança é o foco. Promover experiências onde a criança possa desenvolver-se feliz e plena de suas possibilidades e saberes. Fazer parte desta instituição é ter certeza de um excelente trabalho e que acima de tudo acredita na educação como alicerce da sociedade”.

Diane Regina – Diretora (Recanto da Alegria I)

“Eu gosto muito de trabalhar aqui. Tudo que eu sei de educação eu aprendi aqui. É um ambiente que eu gosto muito. ”

Maria Helena – Professora de Desenvolvimento Infantil (Recanto da Alegria II).

DEPOIMENTOS